ICMBio inaugura trilha no Parque de Brasília

By 4 de dezembro de 2017Destaque, Notícias

Divulgação PNB/ICMBio | Ciclistas: apoio na definição do percurso

 

Novo circuito, com 45 Km, integra quatro unidades de conservação na capital federal, totalizando 136 Km contínuos e sinalizados.

 

FONTE: MMA

MARTA MORAES

Ciclistas e adeptos da caminhada de Brasília terão, a partir desse domingo (3/11), mais um bom motivo para irem até o Parque Nacional de Brasília. É que será inaugurada uma nova trilha com extensão de 45 km. O percurso, batizado de “Trilha União Parque Nacional de Brasília”, liga o circuito de trilhas da Floresta Nacional (Flona) de Brasília (44 Km) e da Serrinha do Paranoá (aproximadamente 47 km), localizado na Área de Proteção Ambiental (APA) do Planalto Central. Com o total de 136 Km de trilhas contínuas e sinalizadas, esse será o maior circuito para mountain bike do Brasil.

Acesse o vídeo: Inauguração da Trilha União

A nova atração do Parque, conhecido pelos brasilienses como Água Mineral, integra quatro unidades de conservação federais (UCs): Flona de Brasília, APAs do Planalto Central e do Rio Descoberto e Reserva Biológica (Rebio) da Contagem. Essa será uma ferramenta de integração ambiental, social, de conservação e contemplação da natureza.

Segundo o presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Ricardo Soavinski, a fragmentação dos habitats é a segunda causa de perda de biodiversidade do mundo. “Essa trilha é parte de um projeto maior de conexão de unidades e é a contribuição do Instituto para aumentar a conectividade entre elas”, ressaltou Soavinski.

A ideia de implementar uma trilha em volta do parque surgiu a partir de um processo de interlocução entre o ICMBio e o Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER/DF), frente à necessidade de adoção de medidas de proteção à fauna ao longo da rodovia DF-001. O marco zero da trilha fica exatamente no início dessa rodovia, no Lago Oeste, área rural de Brasília.

POTENCIAL

Para a chefe do Parque Nacional, Juliana Alves, a trilha reforça o potencial gigante do local. “Estamos a nove quilômetros do Eixo Monumental na Capital Federal. Os avanços que fizemos até agora têm trazido muito reconhecimento da população e cada vez mais frequentadores, mostrando aos moradores da capital os serviços ambientais e a importância de uma unidade de conservação”, destacou ela.

“O Parque é a área de preservação queridinha das últimas gerações de Brasília e estamos nos esforçando para atender ao anseio da geração atual. Vamos alcançar os seus corações”, afirmou.

O trajeto tem ainda um papel histórico, pois é parte integrante do projeto de implementação do “Caminho dos Goyazes/Trilha Missão Cruls”, com aproximadamente 600 km de extensão, que irá ligar a cidade de Cavalcante a Goiás Velho (GO), por meio da parceria entre o ICMBio, o estado de Goiás e municípios, e a sociedade civil.

APOIO DA SOCIEDADE

A implantação da trilha contou com o apoio da sociedade civil, com o engajamento dos voluntários do Instituto, que atuaram no processo desde a etapa de planejamento até as etapas de monitoramento e manutenção. “É preciso diversificar o uso da unidade pela sociedade, colocando em prática o conceito: conhecer para preservar. Buscamos trazer a sociedade para o nosso dia a dia de trabalho através do voluntariado”, ressaltou Juliana Alves.

Além das UCs e do DER/DF, a Coordenação Geral de Uso Público e Negócios do ICMBio também participou do projeto. Foram confeccionadas placas de sinalização e materiais educativos sobre a importância das unidades de conservação. Além disso, foi estabelecida a redução da velocidade da via para 60 km/h, com a instalação de dispositivos redutores de velocidade entre outras medidas.

A implementação da trilha surgiu a partir da realização de uma série de eventos de capacitação promovidos pelo Instituto, realizados na Floresta Nacional de Brasília e nos EUA, em parceria com o Serviço Florestal Americano.

 

SERVIÇO:

Inauguração da Trilha União no Parque Nacional de Brasília

Neste domingo (03/12), a partir das 7h30. Concentração no Marco Zero (Início da DF 001).

Assessoria de Comunicação Social (ASCOM/CORSAP)
(61) 3297-5041 – 3201-5042
ascom@corsapdfgo.eco.br