Marcelo Melo fala ao CORSAP TV sobre o desafio dos resíduos sólidos em Luziânia, maior cidade da Região Metropolitana do Distrito Federal

By 3 de outubro de 2016Destaque, Notícias

O ex-deputado estadual e ex-deputado federal Marcelo Melo (PSDB), conversou com o CORSAP TV e falou dos desafios para resgatar a imagem da pujante Luziânia, a maior cidade da Região Metropolitana do Distrito Federal.

Candidato à Prefeitura do Município, Marcelo Melo falou dos desafios para se construir uma gestão focada no desenvolvimento sustentável, melhorando a saúde e a qualidade de vida da população e solucionando, prioritariamente, o problema dos resíduos sólidos produzidos em grande escala na região.

“Os dados indicam que o Município produz cerca de 164 toneladas de lixo por dia, mas nós sabemos que é muito mais, assim como sabemos que a população de Luziânia já ultrapassou, e muito, os 108 mil habitantes, como divulgou o IBGE”, enfatizou o candidato.

igreja-852x500

Igreja Nossa Senhora do Rosário – Luziânia Goiás

“Já passamos da hora de resolver a questão dos resíduos sólidos, a logística da destinação, as questões da coleta seletiva e da conscientização da população”, afirmou.

“Não vejo mais como governar uma cidade sem tocar, paralelamente, projetos de educação ambiental, projetos de inclusão dos catadores de materiais recicláveis e reutilizáveis e poder transformar o lixo em dinheiro, energia, matéria-prima e renda para a população. ”

praca-d-j-oliveira

Praça D. J. Oliveira – Luziânia Goiás

Marcelo Melo disse ainda que vê com boas perspectivas a implantação de um aterro sanitário de grande porte na região, porque Luziânia possui área de expansão suficiente para ser adequada a essa demanda, e a implantação de um aterro como este poderá atrair investimentos e emprego para o Município.

Para ele, o CORSAP, o Consórcio Público de Manejo de Resíduos Sólidos e Águas Pluviais, é um instrumento, um órgão fundamental para promover e gerenciar a concretização desses projetos, que beneficiará a população não só do Distrito Federal, mas do Estado de Goiás e de vários Municípios goianos.

Confira a nossa entrevista.

 

Por Christiane Guimarães
ASCOM CORSAP-DF/GO – ascom@corsapdfgo.eco.br