CORSAP ITINERANTE VISITA ALEXÂNIA

By 31 de agosto de 2016Destaque, Notícias

O CORSAP, em ação itinerante, visitou o município de Alexânia e conversou com o prefeito Ronaldo Fernandes de Queiroz e com o secretário de Meio Ambiente, Temistocles Moreira de Souza.

 

Na pauta, foram discutidos assuntos relacionados à importância da atuação consorciada na organização, planejamento e execução das ações a cargo dos Municípios na gestão de resíduos sólidos. O prefeito ficou entusiasmado com a visita do CORSAP e reafirmou a parceria com o Consórcio. “Eu fui um dos prefeitos que lutou muito pela criação do CORSAP”, disse. Ele criticou a antiga gestão e afirmou que, além dele, “prefeitos de outros municípios também estão mais esperançosos com a gestão do superintendente José Ricardo Castilho”.

O prefeito contou ainda, durante a entrevista, sobre a atuação da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos – SEMMARH, por meio do secretário Temistocles Moreira, e destacou o sucesso do Projeto de Recuperação e Preservação de Nascentes. “Um projeto pioneiro de preservação, reflorestamento e recuperação de nascentes de águas no município de Alexânia que já começa a sinalizar os bons resultados”, disse. O Secretário mapeou todas as nascentes da região e realizou estudos das áreas degradadas para dar início às ações de preservação do principal recurso natural de Alexânia. “Um bom exemplo é a preservação do Córrego da Cachoeira, manancial que abastece com água potável toda a cidade”, afirmou Temistocles.

Alexânia iniciou a primeira etapa do Plano Municipal de Resíduos Sólidos, porém, a segunda etapa será realizada por meio das ações de compatibilização e integração dos planos de gestão de resíduos sólidos e águas pluviais que o Consórcio irá executar para atender os entes consorciados.

Nesse contexto, e de acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos em seu artigo 19 (§ 9º), o Município que optar por soluções consorciadas intermunicipais para a gestão de resíduos sólidos e águas pluviais pode ser dispensado da elaboração do plano municipal.

Outra vantagem consiste no fato de que a gestão consorciada habilita os Munícipios para, prioritariamente, acessarem recursos da União destinados a empreendimentos e serviços de gestão de resíduos sólidos e águas pluviais, ou para serem beneficiados por incentivos ou financiamentos de entidades federais de crédito ou fomento para tal finalidade.

Ademais, a estrutura de apoio técnico criada pelo CORSAP, por meio de convênios firmados com a Universidade de Brasília (UnB), Instituto Federal de Goiás (IFG), Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e com o Ministério da Agricultura, são instrumentos eficazes que muitos dos Municípios não dispõem. Este amparo técnico permitirá a troca de informações e estudos no desenvolvimento do diagnóstico dos Municípios, de pesquisa científica e tecnológica, dos métodos e processos de gestão para coleta seletiva, reciclagem, reutilização, tratamento de resíduos e disposição final ambientalmente adequada dos rejeitos, e no manejo e destinação correta das águas pluviais.

ALEXANIA

História do Município

Às margens da BR-060, com uma população de mais de 26 mil habitantes, a construção de Alexânia está intimamente ligada a Brasília, no Distrito Federal. Três importantes cursos d’água banham a região, os Rios: Corumbá, Areias e Rio do Ouro.

O município que, por muito tempo, baseou sua economia apenas na atividade agropecuária, criou, em 2005, um Distrito Industrial e tem se tornado um importante polo para o desenvolvimento do setor.

Alexânia abriga hoje o primeiro Outlet da região (Outlet Premium Brasília), e devido a fatores únicos, como o clima, a topografia superior a 900 metros e a água limpa e abundante, recebeu incentivos para a instalação de uma fábrica de cerveja (antiga Schincariol, atualmente, Brasil Kirin) que trouxe progresso, crescimento econômico e inúmeros empregos, melhorando a qualidade de vida dos seus habitantes.

A famosa Feira do Troca, no Distrito de Olhos D’Água, a 15 quilômetros de Alexânia, atrai turistas e visitantes de todos os lugares do Brasil e fomenta a cultura local.

 

Por Christiane Guimarães

ASCOM CORSAP-DF/GO – ascom@corsapdfgo.eco.br